Asma e Saúde Pública

A Atenção Básica em Saúde (ABS) caracteriza-se por desenvolver um conjunto de ações que abrange a promoção, a prevenção, o diagnóstico, o tratamento e a reabilitação. É desenvolvida por meio do exercício de práticas gerenciais e sanitárias, democráticas e participativas, dirigidas a populações de territórios bem delimitados (território-geográfico), considerando a dinamicidade existente nesse território-processo. Pela sua organização, a ABS constitui-se como primeiro contato dos usuários com o sistema de saúde e deve resolver os problemas de maior freqüência e relevância dessas populações.

A Atenção Básica em Saúde da família é a forma de organizar o primeiro nível de atenção à saúde no SUS, estimulada pelo Ministério da Saúde, que se insere ao movimento mundial de valorização da atenção primária à saúde na construção dos sistemas públicos de saúde. Pauta-se nos princípios do SUS e da atenção primaria à saúde e da saúde da família que são internacionalmente reconhecidos. Organiza-se por meio do trabalho interdisciplinar em equipe, mediante a responsabilização de equipes de saúde da família (ESF) num dado território, à área de abrangência de uma população adstrita.Trabalha com foco nas famílias, por meio de vínculos estabelecidos,desenvolvendo ações de promoção, prevenção, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde.

No caso de asma, frequentemente nos serviços de saúde, é feita uma abordagem restrita ao tratamento sintomático do seu quadro agudo, apresentando como resultado internações desnecessárias, morbidade elevada, visitas freqüente a serviços de urgência, bem como recorrentes faltas ao trabalho e à escola, com alto custo econômico e social. Calcula-se que o custo com asma seja superior ao custo da Aids e ao da tuberculose juntos.*

Não há cura definitiva para asma e rinite, mas é possível aliviar os sintomas e permitir que as pessoas tenham uma vida absolutamente normal, por meio do controle dessas doenças, que se baseia na combinação de:

  • Cuidados com o ambiente;
  • Ações educativas;
  • Acompanhamento regular nos serviços de saúde;
  • Uso de medicações preventivas.

Considerando a alta prevalência da asma e da rinite, é responsabilidade dos gestores e dos profissionais que atuam na Atenção Básica realizar ações que visem o seu controle, e esse livro é de leitura essencial para quem se propõe a tal iniciativa.


Asma em saúde pública / organizador Alcindo Cerci Neto - Barueri, SP.

Manole, 2007.
Vários Colaboradores.
Bibliografia.
ISBN 85-98416-29-0

1.Asma 2.Asma - Tratamento 3.Rinite 4.Rinite - Tratamento 5.Saúde pública - Brasil I.Cerci Neto, Alcindo

06-7612

CDD-614.59238
NLM-WF 553